5 dicas para acertar na escolha das melhores plataformas de marketplace

Com o avanço da tecnologia, as plataformas de marketplace têm desempenhado um papel importante no aumento das vendas e a expansão de um negócio, o que vem fazendo com que elas ocupem um lugar de destaque no mercado.

Se trata de uma espécie de vitrines virtuais, onde vários estabelecimentos podem exibir e comercializar seus produtos e serviços. Por isso, elas são vantajosas para empresas de todos os tipos de portes, principalmente as pequenas organizações, considerando seus menores custos para hospedagem e divulgação de mercadorias, otimização do processo de compra e melhora da reputação no ramo de atuação.

Mas você sabe como escolher a melhor plataforma de marketplace para o seu negócio? Veja as 5 dicas que preparamos para você!

1. Verifique as funcionalidades da ferramenta

Pelo fato de existirem diversas plataformas de marketplace disponíveis no mercado, é necessário identificar as funcionalidades disponibilizadas que são necessárias para atender à demanda da empresa.

Isso porque as funções precisam valorizar a exposição dos itens e estar em conformidade com o processo de compra do público-alvo, proporcionando a melhor experiência possível aos seus clientes.

2. Avalie o suporte e atendimento

Esse é um aspecto bastante relevante no momento de escolher as melhores plataformas de marketplace. Afinal, problemas e dúvidas podem acontecer a qualquer momento. Então, é importante ter um auxílio disponível nessas situações imprevisíveis, principalmente pelo fato de que uma loja online funciona durante 24 horas, todos os dias da semana.

Por esse motivo, o suporte e atendimento das ferramentas devem acompanhar esse período. Além disso, precisam fornecer ajuda rápida, eficiente e por meio de vários canais, como SAC, redes sociais, chat, e-mail, telefone, redes sociais e demais. Então, fique atento a esse ponto também!

3. Observe as taxas de serviços cobradas

Verifique se a taxa cobrada pela plataforma é condizente com o serviço disponibilizado, o alcance da ferramenta e demais questões que possam interferir no valor cobrado.

Isso é necessário pelo fato de cada empresa cobrar por seus serviços de uma forma diferente. Por exemplo, algumas cobram uma quantia fixa por venda feita, enquanto outras, uma taxa de instalação e mensalidades. Também existe o formato de comissão de vendas. Basta analisar qual é o melhor para você.

4. Pergunte sobre a tecnologia usada

Veja se a plataforma de marketplace que deseja contratar utiliza tecnologia de ponta nos seus serviços. Isso porque a falta de estabilidade ou os bugs podem comprometer o processo de divulgação e venda dos produtos.

Uma dica é solicitar um período de teste para avaliar o serviço ou buscar referências de organizações que já usaram ou usam o serviço. Esse cuidado é necessário para minimizar as possibilidades de você se prejudicar por falhas no sistema.

5. Conheça a experiência da equipe responsável pela ferramenta

Os membros da equipe e gestores da empresa responsável pelo serviço precisam ter experiência e entender de vendas online. Então, busque conhecer a qualificação deles e o entendimento sobre o assunto.

Procurar por esse tipo de informação vai proporcionar a segurança e tranquilidade de que terá uma plataforma parceira e composta por pessoas comprometidas com o serviço oferecido.

A escolha adequada de uma plataforma de marketplace é essencial para potencializar as vendas e alcançar dos melhores resultados para o seu negócio. Apesar de não ser uma tarefa tão simples, ao seguir as dicas apresentadas, é possível ter esse processo facilitado.

Achou este artigo interessante? Então, aproveite para ler sobre “3 dicas essenciais para continuar vendendo durante a quarentena” e saiba um pouco mais sobre o assunto!

otimize as vendas da sua loja

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar