7 dicas preciosas para qualificar o canal de vendas de uma fábrica de móveis

Assim, eesde sites e redes sociais até e-mail marketing e SMS: o canal de vendas de uma empresa, independentemente de qual seja, merece atenção especial. Afinal, esse setor também interfere na experiência de compra do cliente.

Não é à toa que os gestores buscam estratégias diferenciadas para melhorar os serviços dos canais de venda. O intuito é garantir mais efetividade no processo e trazer mais rentabilidade para o negócio. E também facilitar a criação de um bom relacionamento com o público.

Dessa forma, cientes da importância desse recurso para o desenvolvimento de um negócio, reunimos abaixo 7 dicas campeãs para você aprimorar os seus canais de vendas e alavancar os resultados. Confira!

1. Invista no sistema ERP do canal de vendas

Como gestor, você possivelmente já ouviu falar sobre o ERP. Ainda não? É simples!

O ERP (Enterprise Resource Planning), que em tradução literal significa sistema de gestão empresarial, nada mais é que uma ferramenta corporativa que auxilia no controle das informações da empresa.

Uma das grandes vantagens desse recurso é a sua capacidade de consolidar grandes quantidades de dados e a facilidade em acessar as informações. Essas características possibilitam mais segurança e agilidade na tomada de decisões.

Afinal, gestores e supervisores, com apenas alguns cliques, terão informações essenciais, como:

  • qual a carteira de projetos de sua rede;
  • o índice médio de conversão das lojas;
  • os motivos de perdas dos projetos.

O ERP é capaz de tornar a empresa mais organizada e eficaz, uma vez que ele permite a automatização dos processos e distribuição de recursos, além de contribuir, inclusive, com a otimização do tempo.

canal de vendas

2. Capacite a equipe

De nada adianta ter processos bem definidos e um bom sistema de ERP, mas pecar na capacitação da equipe. Lembre-se de que o capital humano está diretamente ligado ao sucesso ou fracasso do negócio e, por isso, é essencial ter uma equipe bem treinada e qualificada.

Um time bem alinhado consegue contornar as situações mais complexas e apresentar soluções práticas, mas não é só isso. Ele também é capaz de lidar melhor com os clientes e proporcionar a eles uma experiência inigualável.

Inclusive, colaboradores com um conhecimento aprofundado do negócio e do produto podem ser considerados como um bom diferencial competitivo. Isso é um fator que vai destacar a sua fábrica das demais.

Para deixar claro: com uma familiaridade maior sobre o que é comercializado, os vendedores podem resolver qualquer dúvida do cliente. Não à toa, as fábricas estão investindo cada vez mais em materiais on lines, que são acessados a qualquer momento pela equipe. Portanto, tal fator, além de tornar o processo mais prático, reduz as despesas para a revenda.

3. Entenda as necessidades do seu público

Outro ponto importante no processo de qualificação do canal de venda é o conhecimento que a fábrica tem dos seus consumidores. Como você vai oferecer um serviço diferenciado se os colaboradores sequer entendem as necessidades dos seus consumidores?

Por isso, é fundamental realizar uma pesquisa de mercado que compreenda os anseios dos consumidores. Dessa forma, leve em consideração a opinião deles no processo de fabricação. Tenha em mente, nesse aspecto, que ninguém melhor que o próprio cliente para dizer o que pode ser aprimorado.

Anote com detalhes todas as informações fornecidas pelo público e realize as devidas alterações, certificando-se de entregar um produto que esteja de acordo com as expectativas dele.

O fato é que ter um canal de vendas bem estruturado vai contribuir com o aperfeiçoamento da sua fábrica como um todo e ainda vai ajudar a sua equipe a conquistar resultados mais expressivos.

4. Alinhe os diferentes canais

Dentro de um negócio, dificilmente você vai ter que lidar com apenas um canal de vendas por vez. A mesma pessoa que fala com um membro da sua equipe pelo telefone também pode mandar um e-mail, fazer um pedido via SMS, entre outras coisas. Para dar conta de tudo isso, é importante alinhar o trabalho em todos esses meios de comunicação.

Em geral, esse alinhamento significa o compartilhamento rápido de informações entre todas essas áreas. Se é feito um cadastro por meio do site, esses mesmos dados precisam estar atualizados e disponíveis para qualquer outro vendedor. Isso evita conflitos de informações e otimiza os resultados em todas as frentes.

5. Planeje bem seus investimentos e atualizações

Como qualquer outra ferramenta, os canais que você usa para realizar vendas precisam ser aprimorados com o tempo. Novos aparelhos, mais espaço de armazenamento no banco de dados etc. Porém, isso não significa que você deve sair gastando os preciosos recursos da empresa na primeira coisa brilhante que aparecer.

Qualquer compra deve ser pensada como um investimento. Se pergunte: quanto isso vale para meu negócio? Quanto eu posso esperar de retorno? Há outras opções melhores? Como isso vai impactar minha equipe de vendas no dia a dia? Como vai impactar meu cliente?

Essas e outras questões são o que determina se um investimento vale ou não a pena. Com um pouco de planejamento, será bem mais fácil tirar proveito desses recursos.

6. Otimize o ciclo de vendas

Ao contrário do que algumas pessoas de fora podem pensar, os profissionais de vendas utilizam um roteiro para se guiarem durante seus atendimentos. Isso não dita exatamente como eles devem conduzir os negócios com o cliente, mas ajuda a criar um ciclo mais confiável para os negócios. Isso vale também para a venda de móveis.

Se você quer fazer com que um canal de vendas seja mais efetivo, precisa tornar esse ciclo bem mais curto e eficiente, eliminando estágios desnecessários para o fechamento do negócio. Dessa forma, você economiza o tempo do seu cliente e também consegue fechar mais algumas vendas. Ótimo para maximizar a rentabilidade de cada canal de atendimento.

7. Use dados para tomar decisões

Por fim, mas não menos importante, é bom lembrar que “achismo” não é uma boa forma de orientar seus negócios. Pode até ser que sua experiência ajude nesse ponto, mas ela não será o suficiente para dar conta de todas as variáveis envolvidas.

Para evitar cometer muitos erros, você vai precisar de estatísticas, números que corroborem suas decisões. Estude o desempenho de cada canal de vendas, compare seus resultados e peça feedback aos seus clientes. Sem isso, o risco de perda é bem maior.

Agora que você entende melhor como melhorar o canal de vendas usado na sua fábrica de móveis, é hora de aplicar esse conhecimento e incrementar seu negócio. Mesmo com pequenas mudanças você já poderá ver melhorias consideráveis no seu desempenho.

E aí, gostou do conteúdo deste post? Quer mais informações exclusivas para turbinar o seu negócio? Então, siga-nos no Facebook, Instagram Twitter e Youtube para receber nossos melhores conteúdos em primeira mão.

canais de venda

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

expansao-de-uma-rede-de-lojasgestao-eficiente