8 dicas para atrair clientes para a loja de móveis

Em qualquer empresa, saber divulgar seus produtos e serviços é tão importante quanto saber vender. Sem um bom plano de marketing, não há como chamar clientes para sua loja de móveis. Porém, muitos métodos já perderam seu efeito, enquanto outros apresentam melhores oportunidades.

Suas propagandas tradicionais não estão mais atraindo clientes para a sua loja de móveis? Suas campanhas de e-mail marketing estão com uma abertura muito baixa e não geram resultados expressivos? Você está vendo cada vez menos clientes em sua loja?

Estamos percebendo que grande parte do varejo vem enfrentando esses mesmos problemas, com lojas cada vez mais vazias, propagandas não atrativas e ações de e-mail marketing sem resultados. Sua empresa também está assim? Então, acompanhe a leitura até o final e veja dicas essenciais para melhorar seus negócios!

Confira 8 dicas para atrair clientes para a loja de móveis

Seu desejo é fazer ações de marketing com baixo investimento e alto retorno, e ter uma loja repleta de clientes, certo? Então, isso é possível por meio das novas tecnologias e de modernas técnicas de marketing digital.

Para ajudá-lo, vamos apresentar, hoje, 8 dicas de baixo custo para você implementar no seu negócio e atrair clientes para a loja de móveis planejados. Acompanhe e descubra tudo que precisa saber.

1. Defina sua persona

Antes de iniciar qualquer campanha para atrair clientes para a sua loja de móveis, é preciso saber quem é o seu potencial cliente e quais são as suas principais demandas.

É necessário traçar um perfil desse potencial cliente a quem denominamos de persona. Assim, essa persona é a dona do problema o qual você quer atender com a sua solução. Nesse sentido, para entender claramente esses perfis, você precisa de:

  • dados demográficos: idade, nível de instrução, estado civil, número de filhos, endereço etc.;
  • informações comportamentais: que tarefas realiza, quais locais costuma frequentar, que redes sociais utiliza, quais são suas necessidades básicas, quais são seus hobbies etc.);
  • dados emocionais: tanto negativos (o que tira o seu sono, quais os erros mais comuns, quais as principais dificuldades que enfrenta) quanto positivos (o que facilitaria sua vida ou seu trabalho, o que traria alívio para ele etc.).

Com essas informações, será possível estabelecer quais conteúdos deve trabalhar para atrair a atenção dessas personas, bem como onde encontrá-las e onde disponibilizar esses conteúdos para relacionar-se com elas. Tudo isso maximiza a eficiência do seu negócio e de suas conversões.

2. Descubra suas dores para atrair clientes para a loja

No atual cenário, antes de vender para os potenciais clientes da sua loja de móveis, é preciso atrair clientes para loja e ajudá-los a resolver os seus problemas, ou seja, curar suas dores, demonstrando sua preocupação legítima, sua autoridade e a relevância nos assuntos tratados.

Levante quais as principais dores da sua persona, tais como:

  • falta de espaço no seu imóvel atual;
  • móveis antigos e problemáticos;
  • aumento do número de integrantes da família;
  • compra de um novo imóvel e necessidade de mobiliar, entre outros.

Você pode levantar esses problemas a partir de sua experiência na área, perguntando para especialistas no assunto ou fazendo pesquisas diretamente com seus potenciais clientes.

atrair clientes para loja

3. Engaje antes de vender

Primeiro, é necessário atrair clientes para loja, fazendo-os perceber a dimensão e a importância dos seus problemas. Com isso, eles saem de uma posição de acomodação e passam, então, a preocupar-se com suas dores e a procurar uma solução.

Para isso, é utilizado o chamado “marketing de conteúdo” que, bem como diz o nome, consiste na criação de conteúdos que sejam úteis para sua persona. Geralmente isso é feito em um blog ou nas redes sociais. Assim, esses materiais são utilizados para esclarecer dúvidas, trazer novidades e conduzir o consumidor até a decisão de compra com mais sutileza.

Aqui, você pode escrever artigos sobre os temas levantados no item 2 e acerca de como solucioná-los — por exemplo: “3 dicas simples para ganhar mais espaço no seu imóvel”. Além disso, você pode produzir aqueles vídeos nos quais mostra os ambientes antes e depois com os novos móveis planejados. É possível também solicitar depoimentos de clientes satisfeitos, nos quais eles falam do problema que tinham e de como ficaram satisfeitos com a solução implantada.

Isso funciona muito, pois não é quem vende que está falando e, sim, uma pessoa comum, igual ao potencial cliente.

4. Comunique-se no canal certo

Agora, é importante que todo o conteúdo produzido no item 3 seja comunicado no canal certo. Para isso, é preciso saber onde está sua persona, lembra?

Se a persona utiliza muito as redes sociais, é preciso, então, criar uma fanpage em que você vai publicar os conteúdos e convidar pessoas com o perfil da persona para essa página. Isso pode ser feito por meio de anúncios direcionados no próprio Facebook.

Já se a persona costuma utilizar e-mail, é preciso criar campanhas personalizadas e não invasivas. Isso é possível criando algumas iscas e convidando as pessoas a baixarem essas iscas. Assim, em troca, elas deixam o nome e o e-mail e dão permissão para receber suas mensagens.

O objetivo de todo esse trabalho é mostrar a sua autoridade no assunto e estreitar o relacionamento com o potencial cliente, despertando nele o interesse em visitar sua loja e comprar seus produtos.

5. Tenha uma chamada para a ação

Para que isso ocorra, toda campanha deve finalizar com uma chamada para a ação. Nesse caso, como o objetivo é trazer clientes para a loja de móveis, é preciso utilizar uma estratégia para atrair a sua atenção. Assim, quando você perceber que o potencial cliente está bastante engajado, é hora de fazer um convite.

Por exemplo, você pode fazer um happy hour para apresentar uma nova linha de móveis para cozinhas pequenas e convidar todos aqueles leads (potenciais clientes engajados com o problema) que você acredita que tenham interesse em conhecer esse tipo de solução. Observe que, quanto mais próximo estiver de seus potenciais clientes, mais você saberá de suas necessidades e de seus interesses e poderá fazer chamadas específicas que terão maior retorno.

happy-hour

6. Faça uma boa estrutura de SEO

Quando se fala em marketing digital, é quase impossível não pensar em sites e blogs como ferramenta de divulgação. Como já mencionei no item 3, você tem muito a ganhar ao trazer temas interessantes e relevantes para seu público-alvo. Porém, para que esse conteúdo seja visto pelo maior número possível de pessoas, você precisa trabalhar bem o seu SEO.

Para quem não conhece, SEO significa “Search Engine Optimization”, ou “Otimização para Motores de Busca”. E o que isso significa? Basicamente, é um conjunto de práticas que aumentam as chances de uma página aparecer como primeiro resultado de uma pesquisa por uma palavra-chave. A maioria das pessoas só entra nos primeiros 2 ou 3 resultados de uma pesquisa, então, você deve fazer o melhor possível para estar no pódio!

Esse é um trabalho bem complexo, que envolve a escolha das palavras certas, do nome da imagem, da linkagem, entre outras coisas. Recomendo que você pesquise mais detalhes sobre o tema ou chame um profissional para ajudar, pois vai dar bastante trabalho.

7. Use links patrocinados

Links patrocinados são, basicamente, anúncios feitos online. Em geral, aqueles primeiríssimos resultados em buscas, os que aparecem com o marcador de “Anúncio”, são parte da divulgação paga do Google. É verdade que, no geral, quem está começando no marketing digital espera fazer a maioria das coisas com R$ 0 de orçamento, mas vale a pena investir um pouco depois de pegar o jeito.

O número de visualizações e o posicionamento dos links patrocinados tendem a ser bem maiores que o acesso orgânico. Dessa forma, esta é uma boa forma de ir direto aos seus leads ideais e superar a concorrência. Se você planejar bem esse investimento, isso pode elevar bastante sua rentabilidade.

8. Tenha uma agenda consistente

Por fim, mas não menos importante, uma dica geral de como chamar clientes para a loja de móveis planejados é: seja consistente! Não adianta fazer um anúncio em um dia e, depois, ficar sem fazer nada nos outros. Para alcançar o público e aumentar suas chances de conversão, você precisa que eles estejam sempre vendo sua marca e seus produtos.

Mas atenção: não é necessário sobrecarregá-los, apenas ter certeza de sempre aparecer em alguns anúncios e sempre ter algum conteúdo novo com regularidade. É com isso que se faz com uma boa gestão integrada, aliando as estratégias com ações constantes e condizentes com o planejamento.

Aplicar essas 8 dicas não exige grandes investimentos, e elas podem ser implementadas rapidamente. Assim, os resultados podem aparecer em até 4 semanas, ou até menos, dependendo do tipo de negócio que você conduz. Portanto, se você quer atrair clientes para a loja em poucas semanas, coloque em prática essas dicas agora!

E se quiser continuar recebendo mais dicas sobre como atrair clientes para loja de móveis, assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão.

atrair clientes para loja

Mostrando 2 comentários
  • Felipe
    Responder

    ola boa noite, vc acha a idéia de construir um site interessante ou somente pelas redes sociais se atinge o objetivo?

    • Clarissa
      Responder

      Olá Felipe! Não existe uma fórmula pronta! Cada loja deve entender a melhor forma de se comunicar com o seu público! Se utilizar somente redes sociais esteja sendo eficiente, é o suficiente. Mas é bom entender que o site é o teu endereço na internet…o quanto a sua presença online está impactando nas suas vendas? Pense nisso…

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

tecnicas-de-vendas