5 boas práticas para realizar o inventário de estoque da sua loja de móveis

Realizar o inventário de estoque é uma estratégia bastante relevante dentro da empresa, tendo em vista que se trata de um mecanismo importante para ajudar no controle do estoque.

Afinal, por meio dele é possível realizar um levantamento com todos os itens armazenados e, dessa forma, entender os produtos que precisam ser adquiridos e reabastecidos, bem como aqueles que estão parados.

Essas informações vão contribuir para a implementação de um processo de compra mais eficaz e garantir a liquidez para a organização.

Quer saber quais boas práticas de inventário de estoque podem ser aplicadas para otimizar a gestão do negócio? Então leia este conteúdo e veja as dicas que preparamos!

1. Defina o método de contagem

O primeiro passo é estabelecer como será o processo de contagem dos itens no estoque da loja. Isso vai garantir que o inventário não saia do padrão nem varie de colaborador para colaborador.

2. Organize o espaço do estoque

Essa atividade envolve a movimentação e verificação de vários itens. Por esse motivo, manter um ambiente organizado é uma ótima forma de evitar a perda da contagem de mercadorias ou confusões.

Além disso, você também pode aproveitar esse momento para realizar uma limpeza no local, considerando que já vai ter acesso aos espaços ocupados pelos produtos.

3. Categorize os itens

Uma função importante durante o inventário de estoque é a categorização das mercadorias da loja. Nesse caso, é importante identificar de forma clara e objetiva cada uma dessas categorias e seus respectivos locais, seja nas prateleiras, depósitos, entre outros. Essa medida, portanto, vai evitar que a haja erros na contagem dos itens.

4. Realize a contagem e recontagem dos produtos

Ao fazer o inventário de estoque e identificação das mercadorias, é preciso ter atenção, pois muitos depósitos possuem itens armazenados em caixas. Dessa forma, antes de continuar a contagem, é necessário averiguar quais estão cheias, já que qualquer falha pode gerar um resultado falso.

Como esse processo abrange uma contagem cansativa de diversos produtos diferentes, fazer a recontagem é uma boa ideia. Essa indicação serve principalmente para empresas de pequeno porte, onde uma nova contagem é mais simples de ser realizada.

5. Conte com as ferramentas apropriadas

Outra dica importante é contar com a tecnologia para ajudar na contagem de produtos. Até porque quando a tarefa é feita manualmente, há o risco de comprometer a exatidão dos dados e a produtividade dos funcionários responsáveis pela função.

Entre as principais vantagens de um bom software está a de gerar agilidade nos processos, contagem mais eficiente, otimização do tempo gasto, economia de mão de obra e redução de custos.

Além disso, é preciso contar com funções que permitam a exportação do arquivo de mercadorias e, no fim, importar o resultado encontrado no inventário.

Entre outras funcionalidades relevantes, está a de garantir a segurança dos dados do inventário e disponibilizar relatórios apontando as divergências identificadas. Isso permite, portanto, a análise das informações e o acompanhamento das evoluções relacionadas às medidas implementadas.

Agora que você entende a importância do inventário de estoque na loja, aproveite para colocar as dicas apresentadas em prática. Garanta um controle de estoque eficiente e evite erros na gestão.

Gostou do nosso artigo? Então aproveite a sua visita no blog para conhecer os erros mais graves relacionados a estoque e evitá-los ao máximo!

Sistema de gestão para loja de móveis - Como usar de maneira estratégica

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

comunicação com o cliente - pessoa segurando celular lendo mensagens em aplicativosefinance