Como identificar o potencial de compra do cliente da sua loja de móveis?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Vender é uma das atividades mais importantes para a sustentação de um negócio. Afinal, é por meio do comércio de produtos e serviços que a empresa gera um bom fluxo de caixa, o que é vital para o custeio dos seus gastos fixos e variáveis. 

Algo que muitos empresários não conhecem é como identificar o potencial de compra do cliente para aumentar as vendas e a lucratividade.

Sua loja de móveis sabe como identificar isso? 

Neste artigo, explicaremos o que é potencial de compra e qual a sua importância para o crescimento da empresa. Também mostraremos o que é preciso fazer para identificar o cliente, e como um sistema de gestão pode ajudar nesse processo.

Vai perder a oportunidade de dominar esse assunto? Então, confira a leitura do artigo até o final!

O que significa identificar o potencial de compra do cliente?

Em primeiro lugar, é preciso compreender o que realmente significa essa identificação. Fazer isso significa otimizar e encontrar oportunidades de aumentar o ticket médio das vendas para um mesmo cliente, ou aumentar a taxa de conversão nas abordagens. 

Você sabe o que é isso?

A conversão diz respeito ao processo de efetivação da venda. Ou seja, após um primeiro contato, o cliente analisa a proposta e efetua a compra. Quanto maior a taxa de conversão na sua loja de móveis, mais receita você terá.

Na hora de identificar o potencial de compra do cliente, muitos empresários podem ter dúvidas sobre como proceder. É necessário ter alguns conceitos de marketing bem definidos para ser mais efetivo nesse processo, mas não só isso, também utilizar algumas ferramentas e seguir algumas dicas práticas.

Qual a importância de identificar o potencial de compra do cliente?

Quando a empresa sabe qual é o seu público-alvo, fica mais fácil para ela direcionar as ações de marketing e vendas de forma mais acertada. Isso pode melhorar os resultados significativamente, uma vez que sabe o que o cliente realmente precisa e como a sua loja pode ajudar.

Se a loja de móveis não identifica o potencial de compra do cliente nem conhece o perfil para o qual está vendendo, ela fica perdida e suas estratégias podem ser direcionadas para o sentido contrário aos objetivos.  

A falta de direção pode fazer com que ela tire o foco do cliente que está realmente interessado em adquirir um produto para focar na pessoa cujo potencial de compra é menor. Ou seja, ela pode perder oportunidades de vendas apenas porque não sabe qual é o seu público e acaba realizando um atendimento insatisfatório.

Segundo uma pesquisa realizada pela Hibou, grupo que busca entender o mercado pelo olhar do cliente, apenas 11% dos consumidores brasileiros estão satisfeitos com o atendimento. Isso é muito pouco!

Sendo assim, as lojas de móveis precisam fazer a sua parte para aumentar esse indicador o quanto antes. E devem fazer isso conhecendo o seu público-alvo, identificando seu potencial de compra e criando estratégias objetivas de venda e pós-venda para satisfazer o cliente. Só assim conseguirá fidelizá-lo.

Para isso, existem algumas táticas utilizadas por empresas para identificar o potencial de compra dos seus consumidores. Quer descobrir quais são essas técnicas e como implementá-las na sua loja de móveis? Fique de olho nas quatro dicas que preparamos para você!

E-book - Perfil do Consumidor de Móveis 2020 - Baixe o relatório grátis

Como a loja pode identificar o potencial de compra dos seus clientes

Obviamente, as vendas de uma empresa influenciam significativamente no seu fluxo de capital. Por isso, é importante que a sua loja de móveis esteja atenta às necessidades dos clientes e à capacidade que eles têm de adquirir um determinado produto.

Uma empresa não pode investir em um produto que não possui adesão do público. Por exemplo, um móvel de luxo de um custo elevado não atingirá a demanda de uma loja que vende móveis vintage de preço acessível.

Você, como empreendedor, pode começar a conhecer o seu público e o quanto ele está disposto a pagar por meio das dicas que preparamos a seguir!

1 Crie formulários

A criação de formulários é uma das primeiras estratégias de marketing utilizadas para atrair e manter contato com um possível cliente. O formulário pode ser colocado no site da marca, solicitando que o cliente preencha um cadastro, ou enviando diretamente ao e-mail cadastrado.

Uma dica importante: evite colocar campos demais para o cliente preencher, pois isso pode desmotivá-lo e fazer com que desista de preencher suas informações.

A estratégia de formulários tem um grande impacto. Isso porque, na maioria das vezes, pode servir posteriormente como uma forma de manter contato com o consumidor.

2 Defina a sua área de atuação no mercado

Definir a área de atuação da sua empresa é o primeiro passo para criar metas de ampliação de público. No caso de uma loja de móveis, por exemplo, um empreendimento pode ser mais focado em clientes de perfil de alta renda ou de baixa renda. 

Ter isso bem definido é importante para a sua loja de móveis alinhar todos os objetivos da empresa junto às estratégias de vendas, comunicação, prospecção e pós-venda.

Lembrete: antes de aumentar o público-alvo, tenha esse posicionamento muito bem alinhado.

3 Explore diferentes ferramentas

A tecnologia tem se tornado uma ferramenta muito utilizada como estratégia de marketing para empresas que desejam descobrir o potencial de compra dos seus clientes. 

As redes sociais, que até há pouco tempo eram usadas apenas para conectar pessoas, são agora parte dessas tecnologias. Abaixo falamos mais sobre algumas delas e como podem ajudar a identificar o potencial de compra.  

Facebook   

O Facebook foi criado para compartilhar fotos e conectar amigos e familiares. No entanto, conforme a rede social foi ganhando popularidade, Mark Zuckerberg (CEO da plataforma), viu a oportunidade de expandir as funções da página em prol de perfil comerciais.  

Hoje, o Facebook disponibiliza anúncios pagos nos quais as empresas podem, por exemplo, publicar enquetes sobre um determinado produto e o seu valor. Assim, gera uma pesquisa de mercado de forma discreta e efetiva.

Instagram

Assim como o Facebook, o Instagram também se tornou uma excelente ferramenta de captação de clientes e vendas. A plataforma foi comprada por Mark Zuckerberg em 2012 e também passou por algumas alterações para ajudar os usuários de negócios. 

Uma loja de móveis, por exemplo, pode usar a rede social para interagir com o público-alvo por directs e comentários, bem como manter as pessoas interessadas nos produtos por meio de Reels ou Stories

Pode, ainda, usar o Instagram para pesquisar potenciais clientes por meio de hashtags (#) ou avaliar os seguidores de perfis relacionados à arquitetura, decoração, entre outros. 

WhatsApp

O WhatsApp, aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz, também é uma ferramenta interessante e que precisa ser explorada. Por meio dela, a loja de móveis pode realizar atendimentos rápidos e personalizados. E não só isso, pode aplicar pesquisas de satisfação e até pedir feedbacks.

De acordo com pesquisa recente da Loja Integrada, cerca de 75% dos pequenos e médios lojistas usam o WhatsApp como canal direto de vendas. Isso porque o aplicativo está no celular de grande parte dos brasileiros e está ajudando a melhorar a experiência de compra dos clientes.  

4 Estabeleça um diálogo com o consumidor

Uma conexão efetiva entre o cliente e a loja precisa ser a meta de qualquer empresa. Essa relação de confiança estabelecida faz com que o cliente valorize mais o produto ofertado, do que necessariamente o preço. Assim sendo, o potencial de compra se torna cada vez mais alto.

Uma tática para estabelecer uma conexão realmente efetiva é por meio de e-mails de agradecimento, feedbacks e sugestões. Dessa forma, o cliente se torna participante do processo de venda do produto, além de contribuir para melhorias e  crescimento da empresa.

Mas vale lembrar: é importante que a empresa explore a conexão com seu cliente e seus possíveis consumidores, mas também é necessário buscar soluções tecnológicas para ajudar a reconhecer o potencial de compra do público-alvo. É o caso de um sistema de gestão, por exemplo.

Como um sistema de gestão ajuda a identificar o potencial de compra do cliente

Agora que já vimos o que é potencial de compra do cliente, qual a sua importância para aumentar as vendas e como a sua loja de móveis pode fazer a identificação desse público, falaremos como um sistema de gestão pode ajudar.

Quando falamos em sistema de gestão, as pessoas logo pensam que o software só serve para facilitar as tarefas do cotidiano e otimizar a administração da empresa. Mas, na verdade, a solução é muito mais completa e abrangente.

Para dar uma ideia, ela permite que a sua loja de móveis colete informações importantes sobre o comportamento de compra do consumidor. Isso porque integra departamentos e mantém um histórico atualizado de todas as transações comerciais.

Esses dados, disponibilizados dentro do sistema, podem ajudar a sua loja a estudar o perfil do cliente e identificar o seu potencial de compra. Não só isso, com esses dados, você pode direcionar as estratégias de marketing e vendas, bem como melhorar o atendimento ao público-alvo.

Certamente, o sistema de gestão é uma ferramenta que simplifica o controle de toda a sua loja. Mas, além disso, ajuda a reconhecer o potencial de compra do cliente, melhorar as estratégias e, claro, aumentar a venda de produtos. 

Nosso artigo ajudou você a entender a importância de determinar o potencial de compra dos seus clientes? Então que tal conhecer a nossa solução, o FoccoLOJAS, e otimizar os processos da sua loja?

Conheça o FoccoLOJAS - Clique aqui e peça um contato

Newsletter

Receba as nossas mais recentes postagens de blog no seu e-mail.

Últimos posts